Como foi o Painel “Conveniência trazendo inovação para o varejo”
Publicado em 09/04/2015 08:46:00
No encerramento do Congresso Autocom 2015, especialistas se reuniram para dar um panorama de diferentes áreas: beacon, Internet das Coisas, Phablets, Carteira Digital, Conveniência Móvel e Wearables.
Miguel Rodrigues, da MtoM Consulting, abriu a série de palestras falando do uso da tecnologia beacon, capaz de captar e transmitir dados que servirão de base para a criação de milhares de aplicativos. Segundo o consultor, o investimento em comunicação torna o varejo mais inteligente e tira o foco do PDV para ampliá-lo a toda a loja.

Em seguida, Marco Olivara, da Intel, apresentou a nova família de processadores da empresa, a Quark. Ele explicou que por suas características, o novo processador vai permitir consolidar as informações disponíveis, captadas por diferentes meios, e consolidá-las para facilitar a tomada de decisão. “O mundo era centralizado; isso agora mudou. O consumidor pesquisa em internet, entra na loja e compra pelo smartphone”.

A terceira apresentação foi de Jonatha Emerick, com o case de conveniência móvel 99 Motos. Ele foi criado devido à ausência de um aplicativo para contratação do serviço de entregador e mensageiro. Sua empresa já trabalha num novo aplicativo, o “Pede Aí” (nome provisório), e que o consumidor poderá solicitar qualquer produto ou serviço pelo celular, pagar pela internet e receber em casa no tempo prometido.

Paulo Cesar, da Samsung falou sobre os Phablets, categoria de dispositivo que se posiciona entre os smartphones (telas até 5 polegadas) e os tablets (acima de 7 polegadas). O palestrante mostrou uma pesquisa que afirma: nos próximos anos, os phablets serão o equipamento mais usados nas empresas, superando até mesmo desktops e notebooks. Segundo ele, isso é possível com o uso de acessórios como monitores, teclados e dokstations.

Um dispositivo móvel que substitui a boa e velha carteira de documentos que homens e mulheres carregam nos bolsos e bolsas. Essa é a ideia por trás da carteira móvel, em desenvolvimento pela Kiik. Alex Barbirato elencou os benefícios desta tecnologia e também os problemas que ela ainda encontra para sua aplicação.

Para fechar o painel, Eduardo Valentin (foto), da Epson, apresentou o atual cenário das chamadas tecnologias vestíveis. Tatuagens e lentes de contato ainda estão em desenvolvimento, mas óculos, relógios e pulseiras já são uma realidade. A Epson, inclusive, desenvolveu óculos com recurso de Realidade Aumentada (a mistura do mundo real com o virtual), em que é possível caminhar por uma loja enquanto informações dos produtos são apresentadas nas lentes


Fonte: Primeira Página
< Voltar
Serviço de Atendimento
ao Visitante:
112226-3100
Fale Conosco
Como Chegar